Botafogo encara xará da Paraíba em estreia pela Copa do Brasil

botafogo

Depois de empatar por 1 a 1 com o Vasco e se manter na zona de classificação para as semifinais do Campeonato Carioca, o Botafogovira a chave e se concentra na Copa do Brasil. A estreia na competição será nesta quarta-feira, às 22h(de Brasília), diante do xará Botafogo-PB no Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB). Se vencer por dois ou mais gols de diferença o time carioca consegue eliminar o jogo da volta, programado para o dia 16 de abril no Rio de Janeiro (RJ).

A Copa do Brasil é bem vista pelo Botafogo, pois com a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro este ano, o torneio mata-mata é a única oportunidade de garantir uma vaga na Copa Libertadores de 2016 e amenizar a queda para a Segunda Divisão nesta temporada.

“Nós sabemos como a torcida do Botafogo gostaria de conquistar esse título da Copa do Brasil, que ainda falta ao clube, e de voltar a jogar a Copa Libertadores. Seria maravilhosa poder ajudar para que o clube conquiste isso e dê aos torcedores esse presente em um ano em que as feridas da temporada passada ainda estão abertas. Nós vamos nos empenhar muito, a começar por esse jogo contra o Botafogo“, disse o lateral direito Gilberto.

O técnico René Simões procurou passar aos jogadores tranquilidade, sem forçar o sentimento de que eles não precisam eliminar o jogo da volta. Isso foi bem assimilado pelos atletas, que demonstraram maior preocupação com bons resultados ao invés de manter o foco apenas na diferença dos gols marcados.

“O Botafogo vai para este jogo pensando em conquistar um resultado que seja importante e possa deixar a classificação muito bem encaminhada. Vamos precisar marcar gols e isso é algo que temos conseguido fazer nesta temporada. Claro que se tivermos a oportunidade de eliminarmos o jogo da volta vamos lutar por isso, mas o primeiro objetivo é ganhar”, avaliou o zagueiro Renan Fonseca.

Apesar do otimismo, a equipe segue com alguns desfalques. O volante Marcelo Mattos, com dores na região lombar, o meia Diego Jardel, se recuperando de uma pancada na coxa direita, e os atacantes Rodrigo Pimpão, com dores na coxa direita, e Tássio, que sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no clássico, estão entregues ao departamento médico e não poderão atuar contra o Botafogo-PB. O meia Sassá, mesmo recuperado de estiramento muscular na coxa direita, será poupado. Outro jogador que deve ser preservado é o zagueiro Roger Carvalho, que deixou o clássico com dores na coxa direita e deve ser substituído por Alisson. Assim, a base do time que entrará em campo pela Copa do Brasil será a que atuou contra o Vasco neste final de semana.

Mesmo com os desfalques, o técnico René terá alguns reforços, como o goleiro Jefferson, que estava servindo a Seleção Brasileira em amistosos internacionais, e o meia Fernandes, que cumpriu suspensão no clássico. Com essas alterações, Renan e Gegê devem voltar a compor o banco de reservas do time.

Já o Botafogo-PB, atual líder do Campeonato Paraibano, vem empolgado pela vitória de 3 a 1 sobre o lanterna do estadual, Miramar. O técnico do time, Marcelo Vilar, espera um bom desempenho contra os cariocas e confia na sequência de jogos feita pelo clube como fator decisivo nesta quarta-feira.

“O Botafogo está vivendo um bom momento no Campeonato Carioca e o trabalho por lá está sendo bem feito. Mas nós também temos potencial para conseguirmos fazer grandes jogos contra esse adversário e sonharmos com algo a mais”, afirmou Vilar.

O treinador vai manter a formação que vem sendo utilizada no Campeonato Paraibano. Seu único desfalque será um atleta que já teve passagem pelo próprio Botafogo carioca, o volante Túlio Souza, lesionado na coxa direita.

Por ironia do destino a tabela da Copa do Brasil apresentou este duelo de Botafogos, amenizando o ocorrido em junho do ano passado. Os dois clubes haviam acertado um amistoso, mas os jogadores cariocas acabaram se recusando a viajar por conta dos atrasos salariais. O fato revoltou os dirigentes paraibanos, que foram fizeram acusações aos rivais e ainda pediram a devolução de R$ 150 mil, valor pago ao Botafogo como cota pela participação no jogo.

 

Ig Esportes

Deixe seu comentário