Atlético-MG goleia, deixa Flu na “seca” e sobe para o segundo lugar do Brasileiro

Um jogo eletrizante que virou goleada nos instantes finais. Atlético-MG e Fluminense fizeram grande duelo no Independência. Melhor para o Galo, que venceu o Tricolor por 5 a 2 e chegou ao segundo lugar na tabela do Brasileiro. Os cariocas amargam quatro jogos sem vitória, todos eles disputados longe do Rio de Janeiro, e estão na 12ª posição.

Lá e cá. Esta foi a tônica da primeira etapa no Independência. Galo e Tricolor fizeram um jogo aberto, com muitas chances criadas. Gilberto abriu o placar no Horto, numa “ombrada” na bola, ao completar escanteio e tentar o cabeceio. O Galo deixou tudo igual com Leonardo Silva, que recebeu na área e fuzilou para as redes. A estrela de Róger Guedes começou a brilhar com belo gol em arremate no ângulo de Júlio César. O atacante Pedro deixou tudo igual, ao aproveitar falha da defesa do Galo. Os times foram para o vestiário com o empate por 2 a 2 no placar.

O Atlético-MG guardou o melhor para o segundo tempo do Independência. O Fluminense até tentou igualar a partida, mas não teve gás na reta final. A situação clareou para o Galo quando Tomás Andrade fez um gol de perna direita e recolocou os mineiros na frente. A partir daí, Ricardo Oliveira, em falta com grande estilo, e o próprio Róger Guedes, com um golaço em que o zagueiro do Fluminense ficou no chão, fez o quinto e selou a vitória do Galo.

Tomás Andrade nunca havia marcado na carreira até a última quinta-feira. Mas tirou a “zica” ao dar números finais à vitória atleticana por 3 a 1 sobre o América-MG. O argentino parece ter tomado gosto pelas redes balançadas e, contra o Flu, marcou outra vez. Foi o responsável pelo gol da vitória atleticana.

Artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro, com oito gols, Róger Guedes ouviu um apelo dos torcedores do Atlético-MG assim que rolou o apito final. Após balançar por duas vezes as redes do Fluminense, o atacante ouviu o pedido de “fico” dos torcedores presentes no Independência. Pelo que tudo indica, o jogador deve fazer a despedida do clube na próxima rodada, após o duelo contra o Ceará. De qualquer forma, o atleticano mantém o desejo de contar com o goleador até o fim do ano, quando termina o contrato de empréstimo junto ao Palmeiras. Róger tem uma proposta do Al Wheda, da Arábia Saudita, comandado pelo técnico Fábio Carille.

As quatro partidas fora do Rio de Janeiro não fizeram bem ao Flu. A equipe volta para casa com três derrotas (Flamengo, Paraná e Atlético-MG) e um empate (Grêmio). Com a sequência negativa e os desfalques que Abel Braga vem tendo nos últimos jogos, a equipe se distancia da briga pelos primeiros lugares.

Na próxima rodada, o Atlético-MG volta a atuar em casa. Desta vez contra o Ceará, às 21h45 (de Brasília), na próxima quarta-feira, no Independência. No mesmo dia, o Fluminense recebe o Santos, no Maracanã, às 19h.

Globo Esporte