Avaí decide no primeiro tempo, vence o Londrina e volta ao G-4 da Série B

No encontro entre paranaenses e catarinenses, na noite desta quinta-feira, o Avaí levou a melhor sobre o Londrina e venceu fora de casa: 2 a 1. Os gols de Romulo e Fernando Júnior (contra) definiram o triunfo do Leão da Ilha, que soma os três pontos e chega à terceira posição na Série B. Dagoberto saiu do banco, descontou para o Tubarão, mas a reação parou ali.

Na próxima rodada da Segundona, o Avaí volta a campo na terça-feira, dia 19 de julho. Às 19h15 (de Brasília), o time catarinense recebe o Atlético-GO na Ressacada. Na sexta, é a vez do Londrina enfrentar o Criciúma. O jogo acontece no estádio Heriberto Hülse, às 19h15.

Com a vitória, o Avaí voltou ao G-4 da Série B, mas pode perder posições até o fechamento da rodada. O time paranaense segue com 17 pontos e na 13ª colocação.

Mandante, o Londrina começou a partida controlando a posse de bola e buscando espaços na dura marcação do Avaí, mas quem chegou ao gol primeiro foram os visitantes. Aos 10 minutos, em erro de Luizão, que mandou contra o próprio gol, Vagner defendeu, e Romulo aproveitou a sobra para balançar a rede. Se antes Luizão quase fez contra, pouco depois Fernando Junior, de fato, mandou para a rede, mas do lado errado. Aos 16, o lateral tentou cortar o cruzamento e enganou o goleiro do Tubarão. Com o time perdendo, o técnico Sérgio Soares sequer esperou o intervalo para mexer. O atacante Paulinho Mocelin entrou no lugar do volante Moises, e o Londrina melhorou. Em chute de João Paulo, Aranha espalmou para longe. O próprio Paulinho também assustou em um chute de fora da área. Perto do fim da etapa, Marquinhos Silva desviou arremate e quase enganou o goleiro azurra.

Atrás no marcador, o Londrina foi logo para cima do Avaí. Com as ações concentradas em Paulinho Moccelin e Felipe Marques, o time forçou pelos lados do campo. João Paulo mandou um arremate por cima do gol. Dagoberto entrou e deu mais mobilidade ofensiva aos donos da casa. O Leão teve chance de definir o jogo, mas Renato mandou por cima. Beltrán parou duas vezes em Vagner. O Tubarão foi mais feliz e descontou em cobrança de pênalti de Dagoberto. O atacante ainda foi expulso ao se envolver em confusão com Renato, que também foi para o chuveiro mais cedo.

O Avaí contou com uma ajudinha do Londrina para chegar aos gols que garantiram a vitória no Estádio do Café. No primeiro deles, Vagner salvou um chute do companheiro Luizão que ia entrando, mas não evitou o rebote de Romulo. No segundo, Fernando Júnior tentou cortar o cruzamento de Capa e mandou para o fundo do próprio gol.

Dagoberto foi um dos responsáveis para colocar fogo no jogo, tanto no futebol como nas confusões. Depois de bater boca com Matheus Barbosa, ele se envolveu em uma discussão com Renato, quando o adversário deixava o campo em substituição. Resultado? Os dois foram expulsos.

 

Globo Esporte