Avaí esboça titulares em dia de aniversário de Claudinei e Marquinhos

avai

A sexta-feira do Avaí foi marcada por comemorações. No dia em que o time seguiu com a preparação para o importante duelo contra o Atlético-GO, no próximo domingo, em Santa Catarina, Claudinei Oliveira e Marquinhos fizeram aniversário. O treinador completou 48 anos de vida, enquanto o meia fez 36.

Sem grandes desfalques, Claudinei esboçou a escalação titular para o encontro com a mesma equipe que empatou com o Flamengo no último sábado, em plena Arena do Urubu. Os 11 que saem jogando neste final de semana são: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson, Simião, Pedro Castro e Juan; Junior Dutra e Joel.

Os trabalhos deste começo de tarde foram marcados por uma fina garoa, pelo gramado encharcado e se iniciaram com um coletivo de pelo menos 30 minutos, no qual os prováveis titulares puderam trabalhar juntos. Em seguida, o treinador testou algumas opções na equipe principal e deu orientações sobre posicionamento.

“Importante para nós conseguirmos um grande resultado, mas precisamos ter calma para usar o fator casa, controlar a ansiedade e jogar como estamos habituados. Defendendo bem e atacando o adversário de forma organizada. Temos poucos gols no campeonato, mas a campanha mostra que estamos no caminho certo. Tem equipes que estão com rendimento ofensivo melhor que o nosso, mas o desempenho em resultado não corresponde ao número de gols marcados”, projetou Claudinei, em entrevista coletiva posterior ao treino.

Após as atividades foi a vez de Marquinhos levar a tradicional ovada por parte dos companheiros, em um momento de grande descontração no CFA. Por opção tática, o experiente meio-campista começará a partida diante dos goianos no banco de reservas.

Antes do compromisso válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o elenco participa de um treino recreativo marcado para às 10h deste sábado e inicia seu período de concentração às 13h15. O time catarinense ocupa o 15º lugar da tabela da competição, com 30 pontos, dois à frente do São Paulo, que abre a zona de rebaixamento.

Espn/Gazeta Press