Botafogo empata com a Ponte Preta e vê vaga na Libertadores em risco

botafogo-ponte-preta-empate-950x715

O Botafogo não conseguiu acabar com a sequência negativa no Campeonato Brasileiro e empatou pro 1 a 1 com a Ponte Preta, neste sábado, no estádio Luso-Brasileiro. Cm o resultado, os cariocas chegaram a 56 pontos e vão ter que definir sua presença na próxima Libertadores na última rodada. Já a equipe paulista segue no meio da tabela, na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

O Botafogo foi melhor no primeiro tempo e foi para o intervalo a frente no placar após gol “sem querer” de Sassá. No entanto, no segundo tempo, mesmo com um homem a menos após a expulsão de Clayson, ainda na etapa inicial, a Ponte Preta chegou ao empate, com William Pottker.

Na última rodada, no próximo domingo, o Botafogo vai até Porto Alegre para encarar o Grêmio. Já a Ponte Preta vai receber o Coritiba, no Moisés Lucarelli.

O jogo – O Botafogo começou a partida pressionado a Ponte Preta em seu campo de defesa. No entanto, os paulistas não se intimidaram com a postura dos donos da casa e impediam a criação de boas jogadas. Só que na primeira chance, os cariocas abriram o placar, aos 16 minutos. Após lateral cobrado na área, a zaga tentou tirar o perigo, mas deu no pé de Rorigo Lindoso. O volante chutou, a bola bateu em Sassá e foi no canto esquerdo, sem chance para Aranha.

O gol deu tranquilidade ao Botafogo, que diminuiu o ritmo e viu a Ponte Preta equilibrar a partida. Só que as duas equipes pecavam no setor ofensivo. Somente aos 37 minutos, os visitantes quase empataram, quando Clayson fez ótima jogada individual, mas finalizou longe do gol. No lance, o atacante reclamou muito de um toque no momento do chute e acabou expulso.

Nos minutos finais, o Botafogo não conseguiu se aproveitar da vantagem numérica, mas foi para o intervalo a frente no placar.

No segundo tempo, mesmo com dez jogadores, a Ponte Preta manteve o equilíbrio da partida no início, mas passou a dominar ao longo do tempo. Tanto que aos 13 minutos, Rhayner quase empatou em boa finalização que parou em boa defesa de Sidão.

O Botafogo só foi criar boa jogada aos 17 minutos. Camilo foi lançado na área, mas não conseguiu a finalização. A resposta da Ponte Preta veio em grande estilo três minutos depois. Após cobrança de falta na área, a bola passou todo mundo, menos para William Pottker, que só teve o trabalho de cabecear para a rede.

 

Após o revés, o Botafogo voltou a atacar com mais intensidade, mas só chegou com perigo aos 39 minutos. Camilo recebeu passe na entrada da área e chutou para boa defesa de Aranha.

Nos minutos finais, os donos da casa tentaram o gol da vitória, mas pecaram nas finalizações. A Ponte Preta recuou de vez e conseguiu segurar o resultado até o apito final.

Fox Sports