Chapecoense supera Atlético de Ibirama em jogo de poucas oportunidades

O placar mínimo por 1 a 0 foi conquistado com gol de cabeça do defensor Alemão; Chape ainda perdeu um pênalti

 

Neste domingo (30), a Chapecoense recebeu o lanterna Atlético de Ibirama, na oitava rodada do hexagonal. Ao contrário do que se esperava, o jogo não foi de ampla superioridade para os donos da casa, que venceram apenas pelo placar mínimo, com gol do defensor Alemão. Com o resultado, a equipe de Chapecó chega aos 16 pontos, e o Atlético de Ibirama se isola na lanterna do Catarinense.

Na próxima rodada, a Chapecoense enfrenta o Juventus, no João Marcatto, buscando dar continuidade à boa forma. Já o Atlético recebe o Brusque, em confronto que pode definir o primeiro rebaixado do campeonato catarinense.

O jogo

A primeira etapa foi de um futebol mais truncado, e não se viu muita qualidade técnica em campo. Diones, arriscando de longe, foi o primeiro a levar perigo à meta do Atlético, mas o goleiro Nirley evitou o primeiro gol. Pouco depois, Anderson Paixão foi expulso e teve de ser contido por atletas do banco de reservas e pela polícia militar, forçando a paralização do confronto por alguns minutos.

Quando o jogo retornou, mais polêmica: Dieguinho caiu na área e a torcida pediu pênalti, mas o árbitro mandou seguir. Cerca de cinco minutos depois, aos 28 da primeira etapa, Diones e André Gava bateram cabeça e tiveram de abandonar o gramado logo em seguida.

O gol saiu apenas aos 38 minutos. Alemão, substituto de Fabiano na defesa, subiu mais alto que todo mundo e fez o único gol da partida, de cabeça.

Logo no início da segunda etapa, a Chapecoense teve a chance de ampliar o placar. Ednei cobrou pênalti, mas acertou a trave e desperdiçou a principal oportunidade do jogo.

No decorrer da segunda etapa, o baixo nível técnico voltou a imperar no gramado da Arena Condá. O Atlético de Ibirama tentou o gol, já que precisava pontuar para se manter vivo na luta contra o rebaixamento, mas apenas aos quarenta e seis minutos conseguiu criar uma chance clara de gol: Jefferson finalizou na rede, pelo lado de fora.

 

Foto: Julia Galvão

FutebolSC

Deixe seu comentário