Com assistência de CR7 e gol de André Silva, Portugal bate

Com assistência de CR7 e gol de André Silva, Portugal bate a Hungria com dez jogadores

cristiano

Mesmo fora de casa, Portugal dominou a partida contra a Hungria e conseguiu uma vitória preciosa fora de casa, por 1 a 0. Aos 30 minutos da etapa inicial, o atacante Priskin levou o cartão vermelho direto após cotovelada em Pepe. Com um a mais, Portugal aproveitou as chances que teve e marcou com o atacante André Silva após cruzamento de Cristiano Ronaldo na linha de fundo.

 

Com a vitória, Portugal chega aos 21 pontos no Grupo B, mas ainda fica atrás da Suíça, que venceu a Letônia fora de casa por 3 a 0 e chegou aos 24 pontos. Ainda assim, há motivos para comemorar: os lusos garantiram, no mínimo, a participação na repescagem. Para a Hungria, acabaram as chances de ir para a Copa do Mundo.

A equipe portuguesa começou muito melhor na partida. A Hungria tentou fazer valer o fator casa e atacar, mas não conseguiu passar pela forte marcação portuguesa, que resultou em roubadas de bola e boas chances, com duas finalizações de Cristiano Ronaldo nos primeiros minutos.

 

No entanto, o grande lance de polêmica da partida aconteceu aos 30 minutos. Em jogada no campo defensivo de portugal, o atacante húngaro Priskin deu uma cotovelada na cara de Pepe, e levou o cartão vermelho do árbitro. Apesar da vantagem númerica, Portugal não conseguiu criar muitas chances, com exceção de boa finalização de André Silva já nos acréscimos.

A segunda etapa começou de forma bem diferente da primeira. Logo aos 3 minutos, a seleção de Portugal chegou ao seu gol após boa troca de passes no campo ofensivo. Cristiano Ronaldo foi lançado e, da linha de fundo, cruzou na segunda trave para o atacante André Silva, que tocou de peito para o gol vazio. No minuto seguinte, os húngaros quase chegaram ao gol de empate por intermédio de Dzsudzsák.

 

Depois, a partida ficou morna e Portugal administrou a vantagem, sem criar muito perigo. No fim do jogo, a Hungria teve boa chance em cobrança de falta e mandou até o goleiro Gulácsi para a área, mas Rui Patrício conseguiu evitar o gol de empate.

Principalmente no primeiro tempo, a Hungria tentou igualar forças contra Portugal por meio das faltas. No total, foram 14 infrações da equipe da casa contra sete dos visitantes, mas a expulsão direta de Priskin foi o momento de maior destaque. No fim do jogo, uma pequena confusão entre o lateral Fiola e Cristiano Ronaldo rendeu cartão amarelo para os dois jogadores.

Apesar da derrota, a torcida da Hungria fez bonita festa no início e no fim da partida. Durante a entrada das equipes em campo e a execução dos hinos nacionais, uma espécie de mosaico foi feita, formando o símbolo da seleção húngara em boa parte das arquibancadas da Arena de Budapeste.

 

No fim do jogo, os torcedores continuaram cantando e agitando as bandeiras, apesar da derrota e da equipe com dez em campo.

Com a vitória, Portugal chega aos 21 pontos nas eliminatórias, mas não consegue sair da segunda posição. No mesmo horário, a Suíça enfrentou a Letônia fora de casa e fez 3 a 0, com gols de Vanins (contra), Dzemaili e Ricardo Rodriguez. Com o resutlado, os suíços chegaram aos 24 pontos e mantiveram a sequência de vitórias – agora, são oito seguidas -.

 

Na próxima rodada, Portugal encara Andorra fora de casa, enquanto a Suíça pega a Hungria, em casa. Vale lembrar que portugueses e suíços farão confronto decisivo na última rodada, em Portugal.

Globo Esportes