Com aval do Fla, Love embarca para tentar liberação na Turquia: “Coração bate forte”

Agora, é com Vagner Love. Com acordo sacramentado para sua terceira passagem pelo Flamengo, o atacante embarcou na tarde desta quinta-feira para a Turquia, onde tentará a liberação junto ao Alanyaspor. Com contrato até 2020 com o clube, mas com dois meses de salários atrasados, o jogador manifestará aos turcos – juntamente com seus representantes – o desejo de voltar a atuar no futebol brasileiro.

A alternativa mais viável seria de um empréstimo por um ano, mas não está descartada a possibilidade de os turcos estipularem um valor para negociação em definitivo – isso não está definido em contrato. Vagner Love se reapresentará ao Alanyaspor dez dias após o restante do elenco. Pessoas próximas, entretanto, garantem que o “atraso” já estava acordado com o presidente do clube.

Love admitiu a negociação com o Flamengo e a dificuldade para dobrar os turcos, mas falou em otismo, além de sua paixão pelo clube:

– O interesse é real da parte do Flamengo. Agora, é viajar e ver o que os dirigentes turcos vão decidir. Difícil eu tenho certeza que vai ser, tem cinco meses que renovei o contrato, mas vamos ver o que Deus vai reservar para gente. Vamos deixar as coisas acontecerem. Lógico que a gente fica otimista, existe essa vontade.

Que dê tudo certo para todo mundo. O coração bate forte, é meu time e nunca neguei isso para ninguém. O gostinho sempre fica…

O atraso nos salários não é visto como poder de barganha para liberação. As partes envolvidas têm consciência de que é preciso muito poder de persuasão para convencer o Alanyaspor e o bom relacionamento com a presidência é um trunfo maior. Pesa contra o desejo de Flamengo e Love a situação delicada do clube no Campeonato Turco.

O Alanya é o 13º colocado, com 18 pontos, somente três a mais do que o Konyaspor, que abre a zona de rebaixamento. Com dez gols, Vagner Love é o quarto na tabela de artilheiros (foi o goleador a temporada passada) e é apontado como determinante para manutenção do clube na Primeira Divisão.

Globo Esporte