Com gol no início, Santos bate Vitória fora de casa e mantém sonho de G-6

Com gol do uruguaio Carlos Sánchez, logo aos 8 minutos de jogo, o Santos venceu o Vitória por 1 a 0 no Barradão, na noite desta sexta-feira, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Santos pulou para sétimo, com 39 pontos, seis a menos do que o Atlético-MG, último time no G-6. Já o Vitória segue na zona do rebaixamento, com 29 pontos, em 17º. Foi o quarto triunfo seguido do Santos sobre o Vitória no Barradão. Desde 2014 o Peixe tem 100% de aproveitamento contra o time baiano em Salvador. A última derrota foi em novembro de 2013. Já o Vitória soma agora quatro derrotas nas últimas quatro rodadas do Brasileirão, mas, a dez rodadas do fim, ainda depende só de si para evitar o rebaixamento.

Na próxima rodada, o Santos encara o Corinthians no Pacaembu, às 19h, com torcida única do Peixe. Já o Vitória faz um confronto direto na luta contra o rebaixamento: pega a Chapecoense, domingo, em Chapecó, às 11h.

O atacante Mauricio Cordeiro levou cartão vermelho direto por uma cotovelada em Diego Pituca, aos 34 minutos do segundo tempo, quando o Vitória mais pressionava.

O Santos conseguiu o gol aos 8 minutos, num chute de fora da área de Carlos Sánchez que desviou em Lucas Ribeiro e matou o goleiro Ronaldo. Com a vantagem, o Peixe jogou do jeito que gosta: explorando os contra-ataques. Derlis González, pela direita, e Bruno Henrique, pela esquerda, eram as válvulas de escape, mas Gabigol, centralizado, não conseguiu pegar nenhuma em condições de finalizar. O Vitória, por sua vez, tinha a posse de bola (59%), mas era pouco efetivo. Seu melhor momento foi entre os minutos 18 e 22, com finalizações de Rodrigo Andrade e Yago (no travessão). Em alguns momentos, a torcida vaiou o time, principalmente nos passes errados – foram 16, contra 14 do Santos.

Vitória voltou muito melhor na etapa final, pressionando a saída de bola do Santos. O time baiano começou a empilhar chances de gol. Foi aí que apareceu a estrela de Vanderlei, primeiro em defesa de cabeçada de Wallyson e depois para evitar o que seria um gol contra de Alison. Mas a expulsão de Mauricio Cordeiro complicou demais a reação do Vitória. O Santos soube segurar a vantagem e volta para São Paulo com três pontos na bagagem.

Globo Esporte