Com recorde brasileiro, atletismo dá 9 medalha a SC no 1º dia das Paralimpíadas Escolares em Natal

IMG_2950

O primeiro dia do atletismo nesta quarta-feira (25) foi dourado para Santa Catarina nas Paralimpíadas Escolares em Natal. Foram quatro medalhas de ouro, quatro de prata e uma de bronze nas categorias deficiência física (DF), intelectual (DI) e visual (DV).

 

O principal destaque do dia foi a medalha de ouro de Marcos Henrique Evaristo, nos 400 metros, da Escola Municipal professor Orestes Guimarães, de Joinville , na categoria T35, deficiente físico (DF). O garoto bateu o recorde brasileiro da prova com o tempo de 52s66.

 

“É uma emoção extraordinária o que eu estou sentindo. Ser campeão brasileiro é algo maravilhoso. Agradeço a Deus por este momento indescritível. Desde o ano passado venho tentando esta medalha de ouro. Entrei na prova com garra e com fé e deu certo”, enfatizou o campeão, que tem um pequeno grau de paralisia cerebral.

 

Eis os demais medalhistas do primeiro dia do atletismo

 

Medalha de ouro

 

– Anastácio João Pereira – Arremesso do peso, F 2 DF, Escola Estadual Professora Elvira Faria Passos, de São João do Itaperiú;

– Allan Cristian Rosa – 400 metros,T20, DI, da Escola Municipal Antonio Ramos, de Itajaí.

– Daniela Ferraz – salto em distância, T38 DF, Centro Educacional Vereador Raimundo Veit, de Maravilha;

 

Medalha de prata

 

– Jonas de Lima Vitor – Arremesso do peso DF, Caic, Maravilha

– Fabrício Júnior Barros – 400 metros, classe F12 DV, Ceja, Itajaí;

– Suelen Marcheski de Oliveira – Salto em distância, DF, Centro Educacional Municipal Vereador Santa, de Balneário Camboriú;

– Hechiley Freitas – 1.500 metros classe T 20 DI – Escola Municipal Profº Antônio Rohden, Braço do Norte;

 

Medalha de bronze

Geiza Patrício Lima – Salto em distância classe T 20 DI – Escola Municipal Profº Antônio Rohden, Braço do Norte;

 

As Paralimpíadas Escolares são uma promoção do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) ocorrerão até a 27 de novembro. Santa Catarina participa das provas de atletismo, natação, tênis em cadeira de rodas, tênis de mesa, judô e bocha paralímpica nos graus de deficiência física, visual e intelectual.

 

A delegação estadual é gerenciada pelo Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, com apoio da Secretaria Estadual de Educação.

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9125-2286

 

Deixe seu comentário