Com Zé Roberto, Palmeiras treina pênaltis antes de partida decisiva

Zé-corrida-Getty-480

Marcelo Oliveira já se preveniu para um possível novo empate por 1 a 1 com o Internacional na noite de quarta-feira, no Palestra Itália. Na tarde desta terça-feira, o técnico do Palmeiras fez a maioria dos seus jogadores exercitar cobranças de pênalti na Academia de Futebol.

Entre os titulares, estava o polivalente Zé Roberto, que ficou fora das duas últimas partidas da equipe por sentir dores musculares. O veterano de 41 anos deverá ocupar o lugar de Egídio no jogo decisivo contra o Inter, na lateral esquerda, porém também existe a possibilidade de formar parceria com Arouca no meio-campo.

A dúvida se dá em função do desfalque de Thiago Santos, que já atuou pelo América-MG na Copa do Brasil e está impedido de defender o Palmeiras no torneio. O substituto natural do volante seria o contestado Amaral.

Com Amaral e Egídio no grupo em que também estava Zé Roberto, o Palmeiras treinou uma série de cobranças de pênalti, observadas de perto por Marcelo Oliveira. Até o goleiro Fernando Prass, de contrato renovado até o final de 2017, arriscou alguns chutes – e usou a força para ser bem-sucedido diante de Aranha.

Além dos pênaltis, o Palmeiras ensaiou cobranças de falta e escanteio. O lateral direito Lucas e o meia Robinho não estavam na atividade, pois aproveitaram o dia para realizar fortalecimento muscular. Assim como Alecsandro, que não pode mais participar da Copa do Brasil e acabou liberado para viajar ao Rio de Janeiro.

Fox sports

Deixe seu comentário