Decisões e passes errados: jogadores identificam problemas

Decisões e passes errados: jogadores identificam problemas do Corinthians

Otécnico Fábio Carille acertou no diagnóstico feito ainda no vestiário do Estádio Bruno José Daniel após a derrota por 2 a 1 para o Santo André, na sexta rodada do Paulistão: o Corinthians errou muitos passes no ABC paulista.

Segundo o Footstats, essa foi a partida em que o Timão errou mais passes (45).

Em percentual, o número de falhas também foi expressivo: 11,2% das tentativas foram equivocadas. Apenas na vitória por 2 a 1 contra o São Paulo, no Pacaembu, o time havia errado mais (11,5% dos passes). Nos outros jogos do Estadual, a taxa foi sempre inferior a 10%.

– A gente é acostumado a jogar com a bola no pé. Sem a bola fica muito difícil, erramos muita tomada de decisão. Tinha companheiro melhor colocado, e a gente tocava para quem estava apertado. É a tomada de decisão certa que vai nos fazer melhorar – analisou Pedro Henrique.

Na competição, Fagner foi o corintiano que mais errou passes (33) após seis rodadas. Logo depois, aparecem Jadson e Romero, com 27 cada.

O atacante Clayson, que falhou em 15 tentativas no Paulistão até o momento, culpa a falta de concentração para a queda do time.

– Realmente, temos que treinar mais e nos concentrar mais para errar menos. O campo dificultou um pouco, a gente é acostumado a jogar num campo molhado e mais rápido, mas não é desculpa. Temos que entrar mais concentrados para acertar mais passes e ser efetivos para vencer – explicou.

O Corinthians volta a campo na quarta-feira, às 21h45, em Itaquera, diante do São Bento.

Globo Esportes