"Do inferno ao céu": Denis se desculpa por pênalti com palavras e grande defesa no fim

“Do inferno ao céu”: Denis se desculpa por pênalti com palavras e grande defesa no fim

Denis foi do inferno ao céu na partida contra o Atlético-GO, na noite de sábado, em Goiânia. Camisa 1 do Figueirense, o goleiro viu de camarote o bom início da equipe catarinense, que marcou três gols em um intervalo de 10 minutos. Porém, teve participação decisiva na reação dos goianos ainda no primeiro tempo.

É que após Júnior Brandão descontar, ele empurrou o volante Fernandes na área, o que causou uma penalidade para o Dragão. Na cobrança, não conseguiu evitar o tento.

Se no primeiro tempo ele foi ao inferno com a atitude, na etapa final voltou ao céu ao salvar a equipe de levar o empate quando vencia por 4 a 3. Já nos acréscimos, Joanderson recebeu na área e bateu de canhota. Denis tocou na bola, que em seguida acertou o pé da trave.

Depois de se desculpar em campo com a importante defesa, Denis também usou as palavras para reforçar o pedido de perdão aos companheiros, comissão técnica e torcida.

Globo Esporte