Exatamente após um ano da tragédia, Neto treina sem problemas

Exatamente um ano após a tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense, o zagueiro Neto participou de um treinamento com o elenco. Nesta quarta-feira, o defensor se juntou ao restante dos jogadores para a primeira parte do trabalho no CT da Água Amarela, em Chapecó. Embora já tenha tentando treinar com bola neste ano, desta vez ele pôde permanecer no gramado por mais tempo, sem ser afetado por dores e outros incômodos.

Em abril deste ano, Neto já havia tentado voltar a treinar com o grupo. Na ocasião, o zagueiro teve que abandonar atividade, alegando problemas no ligamento cruzado posterior do joelho. Novas cirurgias foram cogitadas, entretanto, o departamento médico da Chapecoense optou por um tratamento mais conservador, descartando a necessidade de ter o atleta de volta a curto prazo.

Neto permaneceu por aproximadamente sete horas sob os escombros do avião que caiu na região de La Unión, cerca de 55km distante de Medellín. Ele foi o último a ser resgatado com vida, uma vez que os resgatistas já tinham praticamente cessado a busca por vítimas com vida.

A tendência é que Neto, de 32 anos, volte a treinar normalmente e esteja apto a atuar de novo com a camisa da Chape em 2018. No entanto, dias antes do Natal, há a expectativa de o zagueiro participar do amistoso beneficente às famílias das vítimas da tragédia, organizado pela Associação Brasileira das Vítimas do Acidente com a Chapecoense (ABRAVIC) e que será realizado no próximo dia 22.

Nesta quarta-feira, a comissão técnica liderada por Gilson Kleina elaborou um treinamento específico para Neto, evitando que o jogador sofresse possíveis choques durante os trabalhos. Depois do aquecimento, o zagueiro atuou como coringa em uma atividade em campo reduzido, podendo contribuir para ambos os times.

Espn/Gazeta Press