Figueirense e Coritiba empatam em resultado ruim para ambos na Série B

Figueirense e Coritiba fizeram um jogo sem preguiça neste sábado, no frio e vazio Orlando Scarpelli, pela Série B. O resultado de 2 a 2 não foi bom para ambos em termos de classificação, mas os times buscaram o resultado positivo do começo ao fim. O primeiro tempo foi todo do Figueirense, com gol de Felipe Amorim no finzinho. O segundo começou com o Coritiba empatando antes do primeiro minuto, um pênalti perdido pelos catarinenses, gol do Coritiba com Guilherme Parede e o empate chegando com Elton.

O resultado não é nada bom para os times, que ficam estacionados na tabela. O Coritiba soma 44 pontos e está na oitava posição. O Figueirense fica na 11ª colocação, com 41 pontos

O primeiro tempo do jogo foi definido em uma partida de ataque contra defesa e, algumas vezes, um contra-ataque. O Figueirense tomou as rédeas da partida desde o início e foi criando jogadas ofensivas, tentando finalizar e se aproveitando dos erros de marcação do Coritiba. Enquanto isso, o alviverde se aproveitava – e com perigo – de contra-ataques, dois deles da mesma forma: passe de Chiquinho, Parede cruza e Gulherme tenta a finalização, que foi cortada duas vezes pelo goleiro Denis. Chiquinho também foi protagonista de um belo chute de falta que foi no ângulo, mas bateu na trave. No fim, o esforço do Figueirense foi recompensado por Felipe Amorim, que passou pela marcação do Coritiba e bateu cruzado na saída de Wilson.

O Coritiba veio diferente com a saída do meia Jean Carlos para a entrada do atacante Bruno Moraes e acordou no segundo tempo. O empate da partida veio com menos de um minuto de jogo. Abandonando a ofensividade somente nos contra-ataques, Abner puxou jogada, cruzou para a área e Guilherme marcou. O Coritiba passou a ser mais ofensivo, criar jogadas, mas a primeira chance de voltar a ficar na frentre do placar foi do Figueirense, depois que o goleiro Wilson fez falta dentro da área em Elton. João Paulo desperdiçou mandando na trave e o castigo veio logo depois com o gol de Guilherme Parede. Mas o Figueirense soube achar o caminho de novo empate com Elton, que aproveitou o rebote de Wilson para deixar tudo igual

O torcedor símbolo do Coritiba, Jairton da Rocha, esteve no estádio Orlando Scarpelli. Ele é morador de Guaratuba, no litoral do Paraná, e não anda desde os 13 anos em razão de uma distrofia muscular, mas não mede esforços para apoiar o time. O torcedor ganhou a camisa do atacante Guilherme

O Figueirense joga na próxima sexta-feira contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas. A partida está prevista para as 21h30. Na próxima terça-feira, o Coritiba recebe o CSA, às 19h15, no Couto Pereira.

Globo Esporte