Grêmio cobra parceiros para adquirir gestão completa da Arena

gremio

Na tarde desta sexta-feira, o Grêmio publicou uma nota oficial no seu site se manifestando sobre a aquisição da gestão da Arena. No texto, o clube tricolor “reitera e ratifica o seu anseio” de adquirir o mais breve possível os comandos do estádio, mas que a partir da data de hoje o Grêmio passa a aguardar “que os demais operadores e agentes do processo assumam suas responsabilidades com vistas ao acordo”.

Enquanto espera, o clube estuda outras possibilidades de adquirir a Arena de forma integral. Uma delas é a realização da compra dos bens da OAS referentes ào estádio, que podem ir a leilão no processo de recuperação judicial referente à Lava-Jato.

Confira a nota na íntegra:

Em decorrência da indefinição e da falta de avanço nas negociações para conclusão e efetivação à aquisição da gestão da Arena, neste momento, podendo adiante tomar outra decisão, o Grêmio comunica aos seus sócios e torcedores que, após propor soluções convergentes – até o limite de suas possibilidades – passa a aguardar, a partir desta data (31/03/2017), que os demais operadores e agentes do processo (OAS, Caixa/Karagounis, Santander, Banco do Brasil, Bradesco e Banrisul) assumam suas responsabilidades com vistas ao acordo, incluindo as obras no entorno da Arena. Tal solução somente será concretizada pela vontade manifesta e coletiva das partes envolvidas no processo.

O Grêmio reitera e ratifica o seu anseio à aquisição da gestão plena de seu estádio, patrimônio de sua imensa torcida, orgulho de uma nação.

Espn/Gazeta Press