Japão perde para a Polônia, mas vai às oitavas com ajuda da Colômbia e desempate nos cartões

O Japão tinha pela frente um adversário já eliminado da Copa do Mundo. Mas a Polônia jogou por sua honra e venceu por 1 a 0 o confronto desta quinta-feira, em Volgogrado, fechando a fase de classificação do Grupo H. Mesmo com a derrota, os japoneses se classificaram para as oitavas de final, beneficiados pela vitória da Colômbia por 1 a 0 sobre Senegal. Os africanos caíram por levarem a pior no critério disciplinar, pois tomaram seis cartões amarelos na fase de grupos, dois a mais do que os nipônicos.

O Japão ficou em segundo lugar do Grupo H e vai pegar nas oitavas de final Bélgica ou Inglaterra. Os dois se enfrentam ainda nesta quinta-feira, e o segundo colocado do Grupo G será o adversário dos japoneses. A partida será na próxima segunda-feira, em Rostov, às 15h (de Brasília).

Sem a responsabilidade de classificação, a Polônia jogou melhor e dominou a maior parte da primeira etapa. Tanto que o personagem da partida foi o goleiro Kawashima. O japonês fez uma defesa espetacular na cabeçada de Grosicki.

Preocupado com o jogo entre Colômbia e Senegal, o Japão pouco fez em termos ofensivos e foi uma equipe mais dispersa. Assim, deu liberdade total dentro da área para Bednarek completar de primeira a cobrança de falta Kurzawa, abrindo o placar no início da segunda etapa.

Depois que a Colômbia abriu o placar, os japoneses claramente seguraram o seu resultado e quase nada fizeram para ao menos garantir um empate que daria uma tranquilidade. Os japoneses tocaram a bola para o lado nos minutos finais da partida e foram vaiados pelos torcedores no estádio.

Artilheiro das eliminatórias europeias, Lewandowski passou em branco nesta Copa do Mundo. No jogo contra o Japão, o atacante teve duas boas oportunidades de gol, mas errou a conclusão. Com isso, terminou seu primeiro mundial sem balançar a rede em três partidas disputadas.

Globo Esporte