Lanterna da Série B, Criciúma demite Deivid e contrata Winck

cri

Bastaram três derrotas nas três primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro da Série B para o Criciúma tomar a atitude drástica de demitir o técnico Deivid. A diretoria catarinense agiu rápido e já confirmou na noite dessa terça Luis Carlos Winck como substituto imediato para o cargo. Além de Deivid, o clube também desligou o executivo de futebol Gabriel Skinner.

Ex-centroavante, Deivid iniciou a carreira de treinador no Cruzeiro, onde acabou demitido em abril do ano passado. Em dezembro, Deivid chegou ao Criciúma, mas não conseguiu levar a equipe às finais do Estadual. Na Série B, foram três derrotas seguidas para Santa Cruz, Oeste e América-MG, respectivamente. Duas delas dentro de casa.

Por outro lado, Luis Carlos Winck chega depois de ter levado o Caxias à semifinal do Campeonato Gaúcho nesse ano. Técnico desde 2004, Winck, 54 anos, também já passou por Lajeadense e Pelotas. Como jogador, foi lateral da dupla Gre-Nal e chegou a ser convocado pela seleção brasileira.

Nesse sábado, o primeiro desafio do Criciúma com a comissão técnica toda reformulada é contra o Luverdense, na Arena Pantanal, às 16h30, pela quarta rodada da Série B. Uma vitória pode tirar o time da lanterna na competição.

Espn/Gazeta Press