Oeste marca no início e vence o Joinville fora de casa pela Série B

joi

O Oeste segue tranquilo na Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o Rubro-Negro de Itápolis visitou o JEC, na Arena Joinville, em duelo válido pela 18ª rodada do torneio, e conseguiu marcar no início do jogo para sair com a vitória pelo placar de 1 a 0.

Com o resultado, a equipe paulista se manteve longe da zona de rebaixamento da Série B, chegando à 11ª posição do torneio, com 24 pontos. Já o Joinville vive fase distinta e segue na zona da degola, na 18ª colocação, com 17 pontos.

O Oeste jogou a partida em seu estilo característico de posse de bola e abriu o marcador logo aos seis minutos, em cabeçada de Marcus Vinícius. Após sair atrás no placar, o Joinville teve dificuldades para criar, porém, tinha suas melhores chances nos erros de saída de bola dos visitantes.

O time tricolor, no entanto, não conseguiu aproveitar bem as oportunidades. Na segunda etapa, quando ensaiava pressionar, o JEC ficou com um a menos em expulsão de Pereira e não teve mais forças para reagir. Com isso, os rubro-negros administraram o resultado e saíram com uma grande vitória fora de casa.

Ambas as equipes voltam a campo pela Série B na próxima terça-feira. Às 19h15 (de Brasília), o Joinville visita o Vila Nova, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA). Já às 21h30 (de Brasília), o Oeste recebe o Náutico, na Arena Barueri.

O jogo

Mesmo atuando fora de casa, o Oeste começou a partida ao estilo do técnico Fernando Diniz: trocando passes e buscando controlar o jogo. Com isso, logo abriu o placar. Aos seis minutos, Léo Artur recebeu a bola na esquerda e realizou cruzamento preciso para Marcus Vinícius. O atacante mandou de cabeça dentro da área e só deslocou o goleiro Aranha para balançar as redes.

Após o gol, o Joinville adiantou a marcação e passou a pressionar a saída de bola do Oeste, que seguiu com o estilo de não dar chutões. Com isso, o Rubro-Negro quase se complicou aos 12. Bruno Ribeiro roubou a bola na entrada da área e chegou em condições de finalizar, porém, se atrapalhou e perdeu grande chance de empatar.

O JEC seguiu pressionando. Aos 22, Jael recebeu uma bola escorada por Carlos Alberto dentro da área. No entanto, o atacante finalizou torto e isolou o chute de frente para o gol.

Com o final da primeira etapa chegando, a pressão do Tricolor se intensificou ainda mais e os mandantes quase empataram com uma pintura. Aos 34, Fernandinho surpreendeu e cobrou escanteio de trivela. A bola pegou força e só não entrou porque Felipe Alves foi ágil para fazer uma defesa milagrosa e salvar o gol olímpico.

Antes do intervalo, ainda deu tempo para mais uma boa chance do JEC. Aos 39, em mais uma roubada de bola na defesa do Oeste, Naldo recebeu na entrada da área e finalizou por cima do gol com muito perigo.

Apesar da pressão, o Joinville não conseguiu empatar e o duelo foi para o intervalo com vitória parcial do Oeste.

O jogo voltou para a segunda etapa de forma muito parecida, com o Oeste administrando a posse de bola e o JEC criando as melhores chances. No entanto, foi o Rubro-Negro que teve a principal oportunidade do início do segundo tempo. Aos 13, Marcus Vinícius recebeu na entrada da área e lançou para Rodolfo, que tirou do goleiro e balançou as redes, porém, foi marcada a posição de impedimento, em decisão acertada do auxiliar.

O Joinville chegou com perigo aos 23. Após erro de passe, Jael ficou com a bola e finalizou da entrada da área, obrigando Felipe Alves a espalmar para fazer a defesa.

Logo na sequência, foi a vez do JEC ter um gol anulado. Aos 24, Fernandinho cobrou escanteio, Jael escorou e Fabiano Eller apareceu para balançar as redes. O auxiliar, no entanto, marcou posição de impedimento.

Aos 30, a situação do Tricolor complicou mais ainda. O meia Pereira, que havia entrado há poucos minutos, parou jogada de Marcus Vinícius com uma tesoura e foi expulso de forma direta.

Com a liderança no placar e a vantagem numérica dentro de campo, o Oeste passou a administrar o resultado e ainda conseguiu criar chances. Aos 37, Marquinhos fez boa jogada pela direita e tocou para Wesley. O meia invadiu a área e bateu para o gol, porém, mandou na rede pelo lado de fora.

Antes do apito final, ainda deu tempo para o JEC ter uma chance de ouro para empatar a partida. Aos 47, Fernandinho cruzou na área, Jael escorou no alto e a bola chegou em Heliardo. O atacante realizou um toque de leve com a perna esquerda, dentro da pequena área, mas a bola foi para fora, passando muito perto da trave.

Com a excelente oportunidade perdida, o Joinville não teve mais chances para reagir. Com isso, o Oeste conseguiu garantir a vitória por 1 a 0.

Fox Sports