Palmeiras vence o Junior Barranquilla e se garante como o me

Palmeiras vence o Junior Barranquilla e se garante como o melhor da Libertadores

O Palmeiras venceu o Junior Barranquilla por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, na arena alviverde, e garantiu a liderança geral da fase de grupos da Libertadores, com 16 pontos. Isso significa que o Verdão sempre fará o segundo jogo como mandante a partir das oitavas de final até uma possível decisão. Autor dos três gols alviverdes no segundo tempo, Borja foi um dos dois titulares que iniciaram a partida, ao lado de Dudu.

A vitória do já classificado Palmeiras, que teve os titulares da defesa e do meio-campo totalmente poupados, ajudou o Boca Juniors a se classificar como segundo colocado do Grupo 8. Na Bombonera, o time argentino goleou o Alianza Lima por 5 a 0

O Palmeiras chegou a 301 gols na história da Libertadores: é o time brasileiro que mais balançou as redes na competição. Na lista geral, liderada pelo argentino River Plate com 501 gols, o Verdão é o décimo colocado.

Borja chegou a 14 gols em 22 jogos neste ano. Após o primeiro gol, o atacante encarou a torcida – resposta aos protestos de torcedores no domingo, em frente à Academia? No segundo, correu direto para o banco de reservas. No terceiro, saiu andando de cabeça baixa. O jogador colombiano é nascido em Barranquilla, cidade do Junior, seu time de infância: foi isso que ele alegou no fim do jogo. No banco de reservas, após ser substituído sob aplausos, Borja continuou com a expressão séria.

Antes do jogo, a principal organizada palmeirense gritou contra Roger Machado – depois da derrota contra o Corinthians, no domingo, um comunicado pedia a demissão do técnico. O restante da arena aplaudiu. No intervalo, com o jogo ainda empatado, as vaias vieram de todos os lados. No segundo tempo, a festa da galera alviverde foi geral.

Os goleiros foram decisivos para que o placar ficasse em branco na primeira etapa. Se Fernando Prass fechou o gol do Palmeiras, do lado do Junior Barranquilla o nome foi Sebástian Viera. Dudu, Guerra e Borja tiveram as melhores chances para o Verdão, mas pararam no goleiro uruguaio. Já Téo Gutiérrez, duas vezes, e Murillo viram Prass fazer três defesas incríveis.

Logo aos 6 minutos da etapa final, Vieira soltou uma bola no pé de Borja, que abriu o placar. Já Prass manteve o nível ao defender um pênalti – de marcação polêmica – batido por Barrera, aos 10. Depois, as porteiras se abriram de vez: Borja (14), Téo Gutierrez (21, impedido) e Borja de novo (23) completaram o placar da vitória palmeirense na arena.

Borja e Prass foram os melhores na vitória alviverde:

No sábado, às 21h (de Brasília), o Palmeiras recebe o Bahia na arena pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Na outra quarta, de novo em casa, o adversário é o América-MG, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil – por ter vencido na ida por 2 a 1, o Verdão joga pelo empate. As oitavas de final da Libertadores só acontecem depois da Copa do Mundo, com confrontos a serem sorteados em 4 de junho.

Globo Esporte