SC triunfa e leva sete de oito medalhas no último dia dos Jogos Escolares da Juventude, em Curitiba

futsalfem (1)

Na competição para jovens de 12 a 14 anos, Santa Catarina encerra disputa nas modalidades coletivas com quatro ouros, duas pratas e um bronze

As jovens promessas catarinenses de 12 a 14 anos brilharam nesta quinta (21), no último dia dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em Curitiba, e conquistaram sete de oito medalhas possíveis nos esportes coletivos. Ao todo, foram quatro ouros, duas pratas e um bronze. Com isso, Santa Catarina encerra a sua participação com 39 medalhas ao todo, entre modalidades coletivas e individuais – foram dez ouros, 11 pratas e 18 bronzes.

Os JEJ foram realizados na capital paranaense desde o último dia 12 de setembro, com a participação de 162 atletas catarinenses, nas 13 modalidades em disputa.

Meninas conquistam dois ouros e um bronze

Pela manhã foi a vez das meninas. Apoiadas por quase 20 familiares que viajaram 500km de Saudades até a capital paranaense, as atletas da escola Rodrigues Alves venceram por três sets a zero o time do CEL-RJ e levaram a medalha de ouro pelo segundo ano consecutivo.

​O segundo ouro da manhã veio com o futsal. As meninas do Colégio Rogacionista  (Criciúma) conquistaram o tricampeonato da competição ao vencer de virada a Escola Professor Nelson de Sena (Minas Gerais) por 2 a 1. Liriel empatou o jogo e Diana marcou o gol do título. Camisa 10 e capitã da equipe, Kemili dos Santos também se destacou. Mesmo lesionada, foi a artilheira da equipe com 9 gols no campeonato.

As atletas do Colégio Sagrada Família (Blumenau) fecharam a participação feminina nesta quinta-feira. Na disputa pela medalha de bronze, venceram as gaúchas por 34 a 27.

Meninos ficam com dois ouros e duas pratas

As disputas entre os meninos foram todas à tarde. Santa Catarina teria pela frente as finais do handebol, futsal, basquete e vôlei. E, destas, conquistou dois ouros e duas pratas.

No futsal masculino, os atletas do Centro Educacional Recriarte (Camboriú) não tomou conhecimento dos adversários e aplicou 3 a 0 para garantir o primeiro lugar. Os rivais na final foram os representantes de Pernambuco, do Colégio 2001.

No vôlei masculino, com muita empolgação e união, os garotos de Timbó, da Escola Básica Erwin Prade, aplicaram 3 sets a 1 sobre os paulistas da Escola Professora Anna dos Reis e comemoraram muito o título.

As duas derrotas aconteceram no handebol e também no basquete. Na final da 2ª divisão, no handebol, o Colégio Aplicação Uniarp, de Caçador, foi derrotado por 22 a 15, para o Centro Educacional Ato, do Paraná. A derrota mais sofrida das finais foi no basquete. O time catarinense não teve chances. Representado pelos alunos do Instituto  Jangada, de Jaraguá do Sul, a equipe acabou derrotada por 69 a 19 diante do Colégio Amorim, de Tatuapé, de São Paulo. Assim, acabou levando a prata.

Segundo o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a edição de 2017 dos Jogos Escolares da Juventude quebrou um recorde no número de inscrições: são 4.069 atletas de 1.396 escolas públicas e privadas de todo o país.

Veja os resultados do último dia dos Jogos Escolares da Juventude, em Curitiba

Feminino

Futsal – Campeão Série A – Colégio Rogacionista (SC) 2×1 (MG) Colégio Prof. Nelson de Sena

Vôlei – Campeão Série A – Escola Rodrigues Alves (SC) 3×0 (RJ) Centro Educacional da Lagoa CEL parciais: 25×17, 25×19, 25×14

Basquete – 3º lugar Série A Colégio Sagrada Família (SC) 34 x 27 (RS) (Colégio Mauá)

Masculino:

Handebol –  Prata  Série B – Colégio Aplicação Uniarp  (SC) 15 x 22 (PR) Centro Educacional Ato

Futsal – Campeão Série A – Centro Educacional Recriarte (SC) 3 x 0 (PE)

 ​

Colégio 2001 Vôlei – Campeão Série A – Escola Municipal Erwin Prade (SC) 3 x 1 (SP) Professora Anna dos Reis

Basquete – Prata Série B – Instituto Educacional Jangada (SC) 19 x 69 (SP) Colégio Amorim Tatuapé)

  ​Att,


Assessoria de Comunicação – Fesporte