Vice de futebol do Vasco comenta sobre permanência Nenê: ‘Precisa estar 100% comprometido’

Um dos principais nomes do elenco do Vasco tem a sua situação indefinida. O meia Nenê, mesmo tendo contrato longo com o clube carioca, não sabe se vai continuar vestindo a camisa cruz-maltina em 2018.

Na última temporada, Nenê entrou em conflito com a direção do Vasco e, de acordo com o clube, se mostrou interessado em deixar a equipe. Assim, os dirigentes entendem para permanecer no time carioca, é necessário que o jogador demonstre que está 100% comprometido.

Em recente entrevista ao Globo Esporte, o vice-presidente de futebol do clube, Eurico Brandão, o Euriquinho, falou sobre o tema, se mostrando cauteloso.

”A gente ainda precisa conversar muito com ele, com o empresário dele. Entender realmente o que se passa na cabeça dele, o que ele pretende, quais são os objetivos para o ano que vem. Esse ano realmente foi muito conturbado para ele, a relação dele com a diretoria, com o clube e com os treinadores. Vamos desenvolver nas próximas duas semanas para traçar uma decisão final”, afirmou o executivo.

“Ele é um jogador que é referência para o torcedor, mas precisamos entender realmente o que se passa, se ele realmente quer encarar esse desafio, ou se tem interesse em sair. Nas últimas três janelas ele se mostrou interessado em sair do clube, então com ele a gente sempre vive essa expectativa de querer entender realmente. Ele tem um custo alto para o clube e precisa estar realmente correspondendo a esse custo”, seguiu Euriquinho.

Após participar de um jogo beneficente, o meia falou que pretende permanecer na Colina. “Eu tenho contrato, estou feliz no Vasco e vou me reapresentar normalmente. Da minha parte está tudo normal”, disse o camisa 10.

Esse ano Nenê teria pedido a diretoria para ser afastado pois teria uma proposta do futebol europeu, que nunca se concretizou. O jogador teve problemas com o técnico Milton Mendes, mas se firmou com a chegada de Zé Ricardo e virou um dos grandes nomes na campanha que levou o time para a Copa Libertadores.

O elenco vascaíno ganhou férias na semana passada e vai se reapresentar em 3 de janeiro, quando começa a preparação para o Campeonato Carioca e para a o torneio sul-americano. A ideia é ter a maior parte do elenco já fechada nesta data.

A estreia no Campeonato Estadual está programada para o dia 17 de janeiro, contra o Bangu, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Espn/Gazeta Press