Victorino agradece paciência da torcida em ‘reestreia profissional’

victorino_palemiars

Se o Palmeiras ergueu os troféus Julinho Botelho e da Copa Euroamericana, Victorino teve ainda mais a celebrar nesta quarta-feira. O zagueiro entrou em campo no segundo tempo, voltando a jogar após quase dois anos em que foi atrapalhado por lesões, e viu a torcida que gritou “aleluia” quando o viu atuando aplaudir cada toque seu na bola durante a vitória sobre a Fiorentina.

“Fiquei surpreso, não esperava essa reação da torcida. Foi bom, muito bom. Agradeço à torcida do Palmeiras pela confiança e pela paciência também, já que não tinha estreado ainda. Fico muito feliz por isso. Agora é trabalhar para retribuir esse carinho dentro de campo”, disse o uruguaio de 31 anos, titular da seleção quarta colocada na Copa do Mundo de 2010 e que se emocionou internamente nesta noite.

“Senti uma emoção grande, muita alegria na hora de entrar no campo, na hora de ser chamado para entrar no campo, é como uma reestreia como profissional. Passei dois anos sem jogar, estava muito ansioso. Mas, na hora em que você pisa no gramado, a experiência volta, você já lembra tudo e tudo passa”, afirmou, agradecendo até ex-colegas.

“É só alegria. Passaram muitas coisas na cabeça, mas tem que ser forte e meus companheiros no Cruzeiro e aqui me apoiaram para seguir em frente. Assim, consegui jogar. Peguei confiança, mostrei que estou pronto para jogar. Foi muito bonito o que a torcida fez. Daqui para frente, estamos todos juntos”, avisou, com a intenção de ser mais útil do que em seus sete primeiros meses mo time.

“Procuro não pensar tanto e continuar trabalhando, ajudando os meus companheiros. Agora é dar o melhor e pegar ritmo quando tiver oportunidade. Treino igual aos meus companheiros e estou pronto para ajudar o time dentro do campo. Estou feliz por isso e, daqui para frente, não quero parar mais. Tive uma atuação em ritmo intenso por 20 minutos em um grande jogo e estou à disposição”, avisou.

Victorino tem contrato até dezembro e, por enquanto, conta com a confiança de Ricardo Gareca. “É um grande jogador. Precisa de confiança e, aos poucos, voltar a jogar. O seu retorno foi muito importante para ele e para o time. Está com muita vontade e será um jogador para ter em conta”, declarou o treinador.

MSN Esportes

Deixe seu comentário