‘Vou fazer o possível para ganhar a Libertadores de novo’, diz Berrío

fla

 

Após o treino realizado nesta terça-feira, Orlando Berrío foi apresentado oficialmente como o novo reforço do Flamengo. Ao lado do presidente Eduardo Bandeira de Mello, do diretor de futebol Rodrigo Caetano e do diretor geral Fred Luz, o atacante colombiano falou sobre o novo desafio em sua carreira.

Primeiramente, Eduardo Bandeira de Mello disse algumas palavras sobre o novo camisa 28. Seu currículo, que conta com uma Copa Libertadores da América conquistada junto ao Atlético Nacional, foi elogiado pelo mandatário.

“É um prazer enorme estar aqui apresentando nosso novo craque, Orlando Berrío”, começou Bandeira. “Colombiano, campeão da Libertadores, e espero que seja bicampeão esse ano. E certamente vocês sabem, como todos os que acompanham o futebol sulamericano, que ele vai nos ajudar muito, vai se integrar perfeitamente e honrará o manto sagrado”, completou.

Em seguida, foi a vez de Rodrigo Caetano ter a palavra. O diretor falou sobre alguns detalhes da negociação com o clube de Medellín para contar com Berrío para a temporada de 2017. Caetano agradeceu a todos os envolvidos no processo, ressaltando a vontade do atacante em atuar pelo Flamengo.

“O contrato dele é de quatro anos. A negociação não foi simples e ela nunca é no caso do Flamengo, quando sempre buscamos a melhor posição. Depois de um bom tempo, foi determinante a posição dele em relação ao próprio Atlético Nacional, a quem também temos que agradecer, representados na figura do presidente De La Cuesta. A participação do Berrío e de seus agentes foi decisiva para que o negócio fosse concretizado. O desejo dele estar no Flamengo foi determinante”, frisou Caetano.

Já Berrío afirmou que o Flamengo tem elenco para disputar o título da Copa Libertadores da América. No entanto, o jogador pediu pés no chão ao novo time.

“Já tive essa oportunidade de ganhar a Libertadores. Sei o que é, vou fazer o possível para ganhar de novo. Por que não? Pela equipe, pelos nomes que temos, é possível. Mas é passo a passo, partida a partida”, comentou o jogador.

“Sei jogar bem em todas as posições do ataque, pela direita, pela esquerda e pelo centro, quando for preciso. Minha maior virtude é a velocidade. Sei que há muitos estrangeiros. Vou me esforçar para fazer as coisas bem, como fazia em meu país. Mostrar meu talento, meu jogo, o que é muito motivante. Competição sadia só vai fortalecer o Flamengo. Todos querem jogar”, disse o novo reforço.

Espn/Gazeta Press