Zé Carlos marca na volta ao Criciúma, mas Tubarão empata e mantém Tigre a perigo

Pênalti perdido, pênalti convertido, duas bolas na trave, outras tantas perdidas. A noite de domingo foi de muita movimentação no Heriberto Hülse. Criciúma e Tubarão buscaram a vitória, mas ninguém saiu com os três pontos. Tigre e Peixe ficaram no 1 a 1, com gol de Zé Carlos na reestreia pelo Carvoeiro – Daniel Costa garantiu a igualdade.

Com o empate, o Criciúma chega a 13 pontos e sobe para 7º na tabela, mas pode perder a colocação com o fechamento na segunda-feira, jogo entre Hercíio Luz e Inter de Lages. O Tubarão segue em 5º, com 17, atrás do Joinville pelo número de vitórias.

O Tigre segue no Majestoso na próxima rodada. Sexta-feira, 19h15, a equipe recebe o Brusque, pela 14ª rodada. O Tubarão entra em campo domingo, 16h, diante da Chapecoense, no estádio Domingos Gonzalez.

Zé Carlos ficou em campo por 80 minutos na volta ao Criciúma. Como de costume, lutou muito, discutiu com os adversários e guardou uma bola na rede, em cobrança de pênalti. O atacante poderia ter sido ainda mais feliz quando aos 33 do segundo tempo, sozinho, desperdiçou uma chance incrível de cabeça. No saldo, foi uma reestreia positiva.

Se não tem mais chance de chegar à final, o Peixe está cada vez mais próximo de acabar com os riscos de queda. A equipe de Waguinho Dias chega ao oitavo jogo invicto na competição e com bom desempenho em campo.

Globo Esporte