Análise: São Paulo mostra a cara de Diniz na estreia e agora tem desafio de mantê-la em clássico

-

O primeiro jogo do São Paulo na temporada 2020 já mostrou muitas características que o técnico Fernando Diniz gosta de implementar nos times em que comanda. Mas não há tempo para comemorar. O próximo jogo já é um clássico contra o Palmeiras, no próximo domingo, às 16h.

Com um meio de campo leve e com qualidade de passe, composto por Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes, o Tricolor teve o controle das ações diante do Água Santa, no Morumbi, e esteve na maior parte do tempo com boas possibilidades de armar as jogadas. Resultado: vitória por 2 a 0.

Isso era possível por uma combinação de movimentos que se iniciava no campo de defesa. Quando Tiago Volpi recebia a bola, o primeiro volante Tchê Tchê aparecia dentro da área para auxiliar na saída com um passe mais qualificado. Os dois zagueiros abriam nas pontas e assim o adversário pressionava.

Daniel Alves e Hernanes, então, recuavam para dar opções de passe para Tchê Tchê. A jogada foi feita por diversas vezes, mas em uma específica deu certo: no segundo gol, marcado por Daniel Alves

– Foi um lance de repetição, repetição, repetição, e acabou saindo um gol muito daquilo que trabalhamos insistentemente em Cotia – afirmou o técnico Fernando Diniz.

Outra ponto a se destacar do “estilo Diniz” é o fato de o centroavante não ser um jogador estático no ataque. Pablo, autor do primeiro gol, por muitas vezes apareceu ajudando no meio de campo e, quando um companheiro estava com a bola, ele conseguia fazer o chamado “facão” nas costas dos zagueiros.

No segundo tempo, Pablo foi deslocado para a ponta direita, e Alexandre Pato entrou no lugar de Helinho para atuar como centroavante, e ele apareceu muitas vezes puxando contra-ataques a partir do meio de campo. Diniz não quer que os homens de frente se limitem a apenas receber a bola.

A posse de bola
Já não é nenhuma novidade que Fernando Diniz tem o apreço pela posse de bola. Mas em 2019 o técnico foi criticado por alguns torcedores por não conseguir transformar em chances de gol.

A impressão deixada na partida da última quarta-feira é de que essa falha foi corrigida durante a pré-temporada. É fato que o Água Santa se defendeu com praticamente todos os jogadores no campo defensivo, mas o São Paulo conseguiu boas triangulações tanto pelos lados do campo como na entrada da área.

O vídeo abaixo mostra uma jogada rápida de toque de bola na entrada da área, aos 30 minutos do primeiro tempo. Mesmo com adversários congestionando o sistema defensivo, o Tricolor conseguiu a finalização com Helinho.

O próximo desafio do São Paulo será bem mais difícil do que o primeiro da temporada. No domingo, o Tricolor encara o rival Palmeiras, em Araraquara, pela segunda rodada do Paulistão.

Fonte: Globo.com

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Fim da novela! Desejo de Corinthians e Palmeiras, Rony aceita proposta e fica no Athletico

 Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo Técnico Dorival Júnior já conta com o jogador para o jogo contra...

Mais uma vitória !!! ...

A gente não se aguenta de tanto orgulho! Que time! Que categoria! Que vitória! Parabéns, rapazes! 👏 E valeu, FIAT Minas,...

No duelo de campeões, Santo André goleia o Criciúma e se classifica na Copa do Brasil

Foto: globoesporte.globo.com Ramalhão garante, ainda, premiação de R$ 650 mil pela vaga à segunda fase; eliminado, Tigre passa a...