Entre o fim do mistério e a intensidade: Inter estreia no Gauchão com olhos em Coudet

-

A noite desta quinta-feira reserva o início da “era Eduardo Coudet” no Inter. A partir das 21h30, o Colorado inicia a caminhada pelo título do Gauchão diante do Juventude, no Alfredo Jaconi.

Além da busca pelos primeiros três pontos, a estreia do treinador servirá para ele apresentar, enfim, a escalação da equipe. Em outra ponta, o jogo de intensidade tão propagado pelo argentino será posto em prática. Contratado no final do passado, Chacho é a aposta da direção para recolocar o clube no rumo das taças.

O técnico é o grande nome do Inter em 2020. Coudet alimenta o sonho colorado da retomada dos títulos. A postura mais conservadora dos últimos treinadores, de esperar o adversário e explorar os contra-ataques, dá lugar à busca incessante pela bola, triangulações e movimentação constante.

O gringo cativou grupo, comissão técnica e direção logo nos primeiros dias de trabalho. A onda de técnicos gringos no Brasil, que ganhou força com os sucessos de Jorge Jesus e Jorge Sampaoli, tem em Chacho mais uma estrela para expandir esta nova ideia.

Intensidade

O estilo de jogo do treinador é conhecido pela entrega dos jogadores o tempo todo. Nada de carregar a bola em demasia. Os passes são de primeira, no máximo dois, para dificultar a marcação adversária.

Se o time perde a posse, a tal intensidade mostra sua cara, com atletas famintos por recuperá-la o mais rápido possível. Inclusive os reforços contratados possuem potencial físico para construir o conceito.

  • O grande diferencial é a posse. Se perde, a retomada tem que ser muito rápida. Ele (Coudet) gosta de ter a bola. Quando perde, pede para retomar o mais rápido possível – comenta o volante Nonato.

Escalação

Reina entre os colorados a curiosidade sobre os primeiros 11 jogadores escolhidos pelo argentino. Coudet é adepto dos treinos com os portões fechados. Quando abre, não há esboço de formação.

A vitória por 3 a 1 sobre o São José-RS em jogo-treino deu um aperitivo. Na ocasião, o Inter atuou com: Danilo Fernandes; Rodinei, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick e Johnny; D’Alessandro e Netto.

Mas a única movimentação mais forte da pré-temporada serviu como um laboratório para os colorados. Titular indiscutível, Paolo Guerrero, por exemplo, permaneceu na academia.

Aliás, o peruano e D’Alessandro sequer viajaram para Caxias do Sul. Enquanto o centroavante ainda trata da parte física, o camisa 10 terá de cumprir suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul pela expulsão no segundo jogo da final do Gauchão de 2019.

Caras novas
A direção colorada anunciou, até o momento, cinco reforços. Chegaram o lateral-direito Rodinei, o lateral-esquerdo Moisés, o volante Damián Musto, o meia-atacante Thiago Galhardo e o atacante Marcos Guilherme.

Da lista de contratações, os laterais e Galhardo são aqueles que têm mais chance de começar entre os titulares. Há ainda a incógnita sobre a situação de Musto, que deixou o treino da última segunda-feira com um problema no joelho esquerdo. Apesar de Patrick garantir que o companheiro “está bem”, o clube não informou a condição do volante.

Fonte: Globo.com

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Fim da novela! Desejo de Corinthians e Palmeiras, Rony aceita proposta e fica no Athletico

 Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo Técnico Dorival Júnior já conta com o jogador para o jogo contra...

Mais uma vitória !!! ...

A gente não se aguenta de tanto orgulho! Que time! Que categoria! Que vitória! Parabéns, rapazes! 👏 E valeu, FIAT Minas,...

No duelo de campeões, Santo André goleia o Criciúma e se classifica na Copa do Brasil

Foto: globoesporte.globo.com Ramalhão garante, ainda, premiação de R$ 650 mil pela vaga à segunda fase; eliminado, Tigre passa a...