Por reequilíbrio muscular, reforços do Avaí realizam exames em Florianópolis

-

Depois de uma semana de pré-temporada em Águas Mornas, quatro jogadores do Avaí voltaram para Florianópolis e realizaram exames como seguimento aos trabalhos físicos. Getúlio, Rildo, Valdívia e Bruno Silva, todos contratados para este ano, cumpriram agendas individualizadas de trabalho. O foco é fortalecer a musculatura de acordo com o histórico de cada um. O quarteto, porém, já está de volta à cidade da Grande Florianópolis, onde o restante do elenco está concentrado.

O quarteto recebe atenção especial da comissão técnica para minimizar lesões na longa temporada que se inicia. Por conta de calendário, o Leão da Ilha teve menos de duas semanas antes do primeiro jogo oficial. Após se apresentar no dia 4 de janeiro, o time azurra disputa o título da Recopa Catarinense já no dia 18, contra o Brusque.

Os jogadores ganharam folga neste domingo e se reapresentaram na manhã desta segunda-feira. O preparador físico Jaelson Ortiz falou sobre os trabalhos e a decisão de encaminhar o quarteto para exames em Florianópolis. Getúlio, Rildo, Valdívia e Bruno Silva usaram a estrutura da Ressacada e também realizaram treinamentos em uma clínica da Capital.

  • Terminamos a primeira etapa de forma excelente. Nenhum atleta com problema, estamos com cargas bem controladas, individualizamos bastante os treinos. Cada atleta responde de um jeito, tem históricos diferentes. Alguns jogadores estão em trabalhos especiais para o reequilíbrio muscular. É normal os atletas terem lesões, então temos que minimizar riscos futuros – disse.

O Avaí fica em Águas Mornas até esta sexta-feira, um dia antes da final da Recopa Catarinense. O duelo contra o Brusque está marcado para às 20h30, na Ressacada.

Confira a situação de cada um, nas palavras de Ortiz

  • Getúlio está sem jogar há muito tempo. Teve lesão recente e precisa fazer alguns ajustes de equilíbrio muscular.
  • Rildo é um atleta que estava na Ásia e lá é uma região que não se trabalha força. E ele precisa disso. Está fazendo um trabalho especial.
  • Valdívia também tem a questão de equilíbrio muscular, mas o dele é mais para prevenir. Está em boa condição de força, velocidade e resistência.
  • Bruno Silva foi para trabalhar alguns exercícios específicos no Avaí mesmo. Temos os equipamentos na academia. Está com fisioterapeuta ao lado, visto o histórico de lesões. Aqui, dentro da nossa carga de trabalho, vamos trabalhar com mais intensidade. Quem precisa de cuidados maiores, os fisioterapeutas estão nos auxiliando.

Fonte: Globo.com

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

APAN conta com reforço

É o central Júnior, 32 anos e 2,07 metros O central José Jorge Sousa dos Santos Júnior ou simplesmente...

Márcio Coelho quer recuperar protagonismo do Figueirense dentro de casa

O técnico Márcio Coelho definiu seu primeiro objetivo no comando do Figueirense para a temporada 2020. Segundo ele, o Alvinegro precisa voltar...

Na estreia do Catarinense, Chapecoense e Avaí empatam na Arena Condá

Resumão Ainda em busca do melhor ritmo, Chapecoense e Avaí fizeram um jogo morno na Arena Condá, na noite de quarta-feira. Com pouca...